Vamos Curti

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Policiais desconfiam de passageiro e encontram mais de 7 kg de maconha



Policiais encontraram 7,109 kg de maconha dentro de uma bagagem que estava sobre o assoalho do ônibus. (Foto: Polícia Rodoviária/Divulgação)
Em Presidente Epitácio, um homem de 56 anos, foi detido em flagrante por tráfico de drogas, em um ônibus, na noite desta terça-feira (15), por volta das 22h, com 7,109 kg de maconha. Segundo a Polícia Rodoviária, o entorpecente foi encontrado na mala do passageiro

Os policiais realizavam um patrulhamento de rotina na Rodovia Raposo Tavares, quando o veículo, com itinerário Campo Grande(MS)-São Paulo(SP), foi abordado. Durante vistoria, a equipe notou que o homem, morador de Franco da Rocha (SP), apresentou nervosismo. Desconfiados do comportamento do passageiro, os policiais verificaram sua bagagem, que estava no assoalho do ônibus, onde a droga foi localizada.
Ao ser questionado sobe a droga, o acusado apresentou respostas desencontradas. Diante dos fatos, o homem teve voz de prisão ratificada em flagrante pelo crime de tráfico. Ele foi encaminhado à delegacia do município, onde foi registrada a ocorrência. O indiciado foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Caiuá.

Mulher perde o controle de veículo e colide em cerca as margens da rodovia MS-338






Lidiane Rocha de 34 anos perdeu o controle de seu veículo, um Fiat Uno com placas de Presidente Epitácio na manhã desta quarta-feira(16) no quilômetro 06 da MS-338, à 12 quilômetros de Bataguassu; o acidente aconteceu por volta das 09h:00.

Segundo informações apuradas a mulher seguia sentido Bataguassu(MS), sendo que no quilômetro 06 da rodovia que liga Santa Rita do Pardo(MS) ao trevo da MS-395,perdeu o controle de seu veiculo quando trafegava normalmente, vindo a sair fora da pista e colidindo em uma cerca, parando dentro de uma fazenda as margens da rodovia.

A condutora que estava sozinha no carro, sofreu apenas escoriações leves pelo corpo, sendo conduzida pelo Corpo de Bombeiros de Bataguassu para Santa Casa da cidade.Lidiane é moradora de uma fazenda do município de Santa Rita do Pardo(MS).


O 14º Batalhão de Polícia Militar Rodoviária (PMR) deu início nesta terça-feira (15), a operação Semana Santa, que se estenderá até a 00h de domingo (20).

As fiscalizações serão intensificadas nas rodovias estaduais, de forma a prevenir a ocorrência de acidentes de trânsito e também à repressão às violações às leis de trânsito. O policiamento também estará voltado ao combate aos ilícitos, como o contrabando, descaminho, tráfico de drogas, entre outros delitos.
As rodovias MS-141, que demanda a região de Angélica e Ivinhema, MS-162 e MS-164, que demandam a Maracajú, Distrito de Vista Alegre e Ponta Porã, também terão atenção redobrada durante o período. Para reforçar as Bases Operacionais, o batalhão rodoviário empregará equipes volantes compostas por cerca de 20 policiais militares rodoviários. Para auxiliar na fiscalização serão utilizados radares móveis, bafômetros e binóculos.

Dicas de segurança

Antes de seguir viagem faça revisão no seu veículo; verifique se seus documentos pessoais e do veículo estão regularizados; use o cinto de segurança; respeite a sinalização; prefira viajar durante o dia; mantenha os faróis ligados; respeite o limite de velocidade da via e não dirija sob efeito de álcool ou de substância entorpecente. (Com informações da PMR-MS).

Laticínio Santo Antônio completo seu primeiro aniversário no Assentamento Mutum


O Laticínio Santo Antônio completou, no último dia 13, um ano de funcionamento no Assentamento Mutum e comemorou a evolução da produção de leite na região, os proprietários do laticínio, Antônio Donizete Lima e Erick Fernando Queiroz Lima.

O Laticínio Santo Antônio do Assentamento Mutum que pertence a três municípios, Santa Rita do Pardo, Brasilândia, Ribas do Rio, o Laticínio esta localizado dentro do município de Brasilândia.

Atualmente, o Laticínio Santo Antônio trabalha com 150 produtores e o crescimento da produção tem aumentado a credibilidade da empresa, o que tem proporcionado mais desenvolvimento para todos. “Temos mantido os pagamentos em dia e isso dá condições para que os produtores também crescerem”, declarou Antônio Donizete.

De acordo com os proprietários, a estrutura do laticínio já existia no Mutum, mas estava fechado. O Laticínio Santo Antônio é uma nova empresa, que comprou a estrutura e adequou totalmente o prédio para atender às normas sanitárias.

 O laticínio recebe entre três e quatro mil litros de leite por dia e produz queijo e mussarela, que é comercializada em todo o Estado de Mato Grosso do Sul.

Gestão de saúde realiza prestação de contas em Santa Rita do Pardo


Foi realizada na manhã da última segunda-feira (14), na Câmara Municipal de Santa Rita do Pardo, a audiência pública para prestação de contas, da Secretaria Municipal de Saúde, do 1º, 2º e 3º quadrimestre de 2013, referente ao Fundo Municipal de Saúde. A prestação de consta foi apresentada pela Gestora de Saúde, Silmara de Souza Braga.
 Representando a administração, “A caminho do desenvolvimento” , o Prefeito Cacildo Dagno esteve presente, acompanhado do Secretário de Controle e Gestão, Robson Souto, Gestora de Educação Cultura Esporte e Lazer, Cleudelice Ferreira de Freitas Patussi, Gestora de Assistência Social, Adriana Assis, entre eles, o presidente da Câmara de Vereadores, Cleudenide Ferreira de Freitas, vereador, Josué Nogueira(loló) e o presidente do conselho municipal de saúde, Roberto Gomes.
 A audiência foi conduzida pela Gestora Municipal de Saúde, que iniciou o evento explicando o porquê da realização desta prestação de contas. “Este será um momento que vai acontecer periodicamente, provavelmente à próxima prestação de contas, será no mês de maio, referente ao 1º quadrimestre deste ano. Hoje pela Lei Complementar nº 141/2012, esta audiência deve ser realizada quadrimestralmente.” Explicou Silmara.
Ao longo da audiência os participantes tiveram a oportunidade de conhecer melhor o funcionamento da Saúde em Santa Rita do Pardo.
Para o Prefeito ações explicativas como estas são indispensáveis “Mostrar o nosso trabalho e explicar como e onde o recurso foi gasto é fundamenta. A comunidade precisa saber onde esta sendo investido o dinheiro, ter transparência no gasto público.” Finalizou o Prefeito Cacildo.
Fonte: Assessoria de Comunicação

Policia Militar de Santa Rita do Pardo prende homem em flagrante posse ilegal de arma de fogo em assentamento


A PM de plantão composta pelos Soldados Freitas e Alencar a qual estava empenhada na VTR 10.1643, deslocou até o Assentamento São Tomé localizado na zona rural do município de Santa Rita do Pardo.

A policia deslocou até o assentamento distante da sede do município cerca de 22km a fim de acompanhar a Sra. S.P. L , vítima de violência doméstica conforme (B.O. Sigo PC 156/14).

Ressaltamos ainda que o pedido foi realizado pela família do autor para que a Polícia Militar acompanhasse a retirada dos pertences da vítima, pois segundo relato da família, o Sr. O,B,S teria em posse armas de fogo, e que ultimamente o autor agia de forma violenta após ingerir bebida alcoólica, bem como andava constantemente com os ânimos alterados.

Que ao chegar no referido assentamento adentramos no Sítio Dois Irmãos, e logo fomos recebido pelo Sr. O, B, o qual não esboçou nenhuma resistência, porém indagava a Sra. S a todo instante dizendo que não necessitaria de nada do que estava ocorrendo.

Durante a retirada dos pertences, o SD Freitas logrou êxito em encontrar um revolver dois canos calibre 22, uma espingarda dois canos Calibre 36, e outra espingarda de um cano também calibre 36, que logo foi dado ciência ao Sr. Osvaldo que o mesmo seria conduzido à Delegacia de Polícia por posse irregular de arma de fogo de uso permitido.

 Face ao exposto elaboramos o presente boletim sendo este entregue na Delegacia de Polícia de Santa Rita do Pardo MS, juntamente com o autor sem lesões corporais, além do material apreendido. 

Fonte: 3º PEL/2ªCIA/2º BPM - SANTA RITA DO PARDO-MS

Ponte sobre o rio Pardo recebe a primeira viga de 120m de extensão

Com a pavimentação da rodovia, uma extensa região será incorporada ao processo produtivo, ganhando condições adequadas de transporte de insumos e de trabalhadores e de escoamento da produção para outros pontos de Mato Grosso do Sul e para exportação



 

 

As obras da pavimentação da MS-040 entram em mais uma importante etapa, com o início de construção de pontes. Na última semana, com o acompanhamento de técnicos da Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), foi lançada a primeira viga da ponte de 120m de extensão por 12,80m de largura sobre o Rio Pardo - na divisa de Ribas do Rio Pardo e Santa Rita do Pardo -, uma das três que serão construídas com a pavimentação da estrada.
As outras serão edificadas nos trechos sobre o Ribeirão da Lontra, na divisa dos municípios de campo Grande e Ribas do Rio Pardo, e sobre o Ribeirão Ponte da Pedra, em Santa Rita do Pardo.
Conforme a Agesul, as obras de pavimentação estão em ritmo considerado normal.
Com o empreendimento, é esperado um crescimento econômico de grande impacto na região, através da geração de emprego e aumento no escoamento da produção, tanto na pecuária como na agricultura.
Em toda a extensão de 209,033 quilômetros, máquinas e caminhões estão trabalhando em diversos serviços. A previsão é que a obra esteja concluída até o segundo semestre deste ano.

INVESTIMENTOS

Integrante do programa ações do governo do Estado - MS Forte 2, a obra da MS-040 conta com investimentos de R$ 271,1 milhões. A largura da pista com duas faixas de rolamento será de oito metros em Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ) com espessura de cinco centímetros.
O projeto também contempla a execução de pontes de concreto sobre o Ribeirão da Lontra numa extensão de 30,00m x 10,00m - localizado na divisa dos municípios de Campo Grande e Ribas do Rio Pardo; sobre o rio Pardo com 120,00m x 12,80m na divisa de Ribas do Rio Pardo com Santa Rita do Pardo e, ainda, sobre o Ribeirão Ponte de Pedra com extensão de 30,00m x 10,00m em Santa Rita do Pardo.
Desde o início das obras, no fim de 2013, diversas frentes de trabalho atuam em diferentes subtrechos.
Com a pavimentação, o governo do Estado pretende que uma extensa região seja incorporada ao processo produtivo, ganhando condições adequadas de transporte de insumos e de trabalhadores e de escoamento da produção para outros pontos de Mato Grosso do Sul e para exportação.
A região onde está a MS-040 é hoje um trecho de grandes bolsões de áreas onde, por não ter estrada no meio delas, a produção é inibida. Essa integração regional, garantindo mais produção e desenvolvimento dos municípios, é uma das propostas do MS Forte 2.

Traficantes presos tentam fugir quebrando janela de cela, na madrugada em Santa Rita do Pardo-MS

A dupla estava tentando passar pela grade da janela da delegacia, no início da madrugada desta terça-feira, quando foi flagrada por policiais

 

Uma tentativa de fuga de presos, que deram prejuízos materiais ao Estado por terem danificado a cela da Delegacia de Polícia Civil de Santa Rita do Pardo, foi frustrada pela ação imediata do policial civil de plantão, que acionou a guarda da Polícia Militar para auxilia-lo na detenção do intento.
De acordo com boletim de ocorrência registrado na própria Delegacia onde o fato ocorreu, nos primeiros 20 minutos da madrugada desta terça-feira (15), policiais militares do 3° Pelotão do 2° BPM (Batalhão de Polícia Militar), instalado em Santa Rita do Pardo, foram convocados pelo investigador de Polícia Roque, para dar cobertura na ação de detenção de dois presos que estavam tentando fugir da cela.

PELA JANELA

Conforme consta, Jefferson Candido da Silva, 33 anos, e Vlademir Alves Coutinho, 27 anos, estavam presos por tráfico de drogas. Os dois foram flagrados tentando passar pela grade da janela que dá acesso ao pátio interno da delegacia, localizada no centro da cidade.
Para tanto, a dupla danificou a laje da cela em forma de um quadrado medindo aproximadamente 40x40 centímetros e todo entulho, provavelmente, foram jogados no vaso sanitário.
O boletim de ocorrência foi registrado como dano qualificado, quando o crime é cometido contra o patrimônio da união, e será investigado pelo delegado Rodrigo Alencar Machado Camapum.
Uma tentativa de fuga de presos, que deram prejuízos materiais ao Estado por terem danificado a cela da Delegacia de Polícia Civil de Santa Rita do Pardo, foi frustrada pela ação imediata do policial civil de plantão, que acionou a guarda da Polícia Militar para auxilia-lo na detenção do intento.
De acordo com boletim de ocorrência registrado na própria Delegacia onde o fato ocorreu, nos primeiros 20 minutos da madrugada desta terça-feira (15), policiais militares do 3° Pelotão do 2° BPM (Batalhão de Polícia Militar), instalado em Santa Rita do Pardo, foram convocados pelo investigador de Polícia Roque, para dar cobertura na ação de detenção de dois presos que estavam tentando fugir da cela.

PELA JANELA

Conforme consta, Jefferson Candido da Silva, 33 anos, e Vlademir Alves Coutinho, 27 anos, estavam presos por tráfico de drogas. Os dois foram flagrados tentando passar pela grade da janela que dá acesso ao pátio interno da delegacia, localizada no centro da cidade.
Para tanto, a dupla danificou a laje da cela em forma de um quadrado medindo aproximadamente 40x40 centímetros e todo entulho, provavelmente, foram jogados no vaso sanitário.
O boletim de ocorrência foi registrado como dano qualificado, quando o crime é cometido contra o patrimônio da união, e será investigado pelo delegado Rodrigo Alencar Machado Camapum.
Uma tentativa de fuga de presos, que deram prejuízos materiais ao Estado por terem danificado a cela da Delegacia de Polícia Civil de Santa Rita do Pardo, foi frustrada pela ação imediata do policial civil de plantão, que acionou a guarda da Polícia Militar para auxilia-lo na detenção do intento.
De acordo com boletim de ocorrência registrado na própria Delegacia onde o fato ocorreu, nos primeiros 20 minutos da madrugada desta terça-feira (15), policiais militares do 3° Pelotão do 2° BPM (Batalhão de Polícia Militar), instalado em Santa Rita do Pardo, foram convocados pelo investigador de Polícia Roque, para dar cobertura na ação de detenção de dois presos que estavam tentando fugir da cela.

PELA JANELA

Conforme consta, Jefferson Candido da Silva, 33 anos, e Vlademir Alves Coutinho, 27 anos, estavam presos por tráfico de drogas. Os dois foram flagrados tentando passar pela grade da janela que dá acesso ao pátio interno da delegacia, localizada no centro da cidade.
Para tanto, a dupla danificou a laje da cela em forma de um quadrado medindo aproximadamente 40x40 centímetros e todo entulho, provavelmente, foram jogados no vaso sanitário.
O boletim de ocorrência foi registrado como dano qualificado, quando o crime é cometido contra o patrimônio da união, e será investigado pelo delegado Rodrigo Alencar Machado Camapum.

 

sábado, 12 de abril de 2014

7 direitos do consumidor que talvez você desconheça


Você sabia que não existe um valor mínimo para compras? Ou então que os estacionamentos são responsáveis pelos seus objetos? Então confira esses e outros direitos do consumidor
Fonte da imagem: Shutterstock
Quando o assunto é direito do consumidor, é preciso ficar atento para que a compra de produtos e a contratação de serviços não se transforme em uma verdadeira dor de cabeça. Então, é sempre legal dar uma olhada no Código Civil, no Código de Defesa do Consumidor e até mesmo em leis estaduais e municipais para se certificar do que você pode ou não pode exigir como cidadão e consumidor.

Para facilitar sua vida, separamos alguns direitos que todos consumidor tem, mas que nem todos sabem.

#1 - Cobrança indevida
De acordo com o artigo 42 do Código de Defesa do Consumidor (CDC) e com o artigo 940 do Código Civil, sempre que você pagar uma dívida que já foi quitada ou for cobrado de maneira indevida, você tem o direito de receber o dobro do valor que pagou a mais, acrescido da correção monetária e dos juros. Essa lei só não é válida se houver um engano justificável.

#2 - Meia-entrada para doadores
Embora não haja uma lei federal, os estados do Paraná (lei estadual 13.964), Espírito Santo (lei estadual 7.737) e Mato Grosso do Sul (lei estadual 3.844) garantem aos doadores de sangue devidamente registrados em hemocentros ou nos bancos de sangue de hospitais o direito a pagar o valor referente à meia-entrada em espetáculos culturais, eventos esportivos, cinemas, museus e outros. A lei também está prestes a ser aprovada na Bahia.


Fonte da imagem: Shutterstock

#3 - Chamadas sucessivas
De acordo com o artigo 39-A da resolução nº 604 da Anatel, chamadas sucessivas que forem feitas de um celular para um mesmo número devem ser consideradas uma única ligação e, assim, devem ser tarifadas apenas uma vez. As condições para que elas sejam consideradas sucessivas é que ocorram em um intervalo inferior a 120 segundos e sejam entre os mesmos números de origem e destino. Então, da próxima vez que sua ligação cair, saiba que você pode refazer a ligação de graça, respeitando o limite de tempo.

#4 - Valor mínimo
Você já chegou a um estabelecimento e se deparou com um aviso de que havia um valor mínimo para compras? Pois saiba que de acordo com o artigo 39, IX do CDC o estabelecimento não pode recusar a venda de bens ou a prestação de serviços a qualquer pessoa que se disponha a pagar prontamente pelo produto ou serviço.

#5 - Nome limpo
O artigo 43, parágrafo terceiro, do CDC diz que sempre que se o consumidor encontrar alguma inexatidão em seus dados e cadastros, ele pode exigir a correção imediatamente e a empresa precisa cumprir a exigência dentro de cinco dias úteis. Então, se você quitou sua dívida, tem o direito de ter seu cadastro devidamente corrigido e sem nome limpo dentro desse período.


Fonte da imagem: Shutterstock

#6 - Desistência e devolução
Sempre que a compra de um produto ou a contratação de um serviço for realizada fora do estabelecimento comercial, ou seja, através da internet, do telefone ou a domicilio, o consumidor tem o direito de desistir do contrato no prazo de sete dias a partir do recebimento do produto ou do serviço, conforme consta no artigo 49 do CDC.

#7 - Estacionamentos
Outro aviso comum em estacionamentos diz que o estabelecimento não se responsabiliza pelos bens deixados dentro do veículo. Porém, a súmula nº 130 do Superior Tribunal de Justiça diz que “a empresa responde, perante o cliente, pela reparação de dano ou furto de veículo ocorridos em seu estacionamento”. O mesmo direito consta no artigo 14 do CDC.

* * *
Se você quiser consultar as leis na íntegra, não deixe de conferir o Código Civil, o Código de Defesa do Consumidor e os links acima.

Além disso, vale lembrar que sempre que você se sentir lesado ou tiver dúvidas sobre seus direitos, a melhor alternativa é procurar a orientação do Procon mais próximo. Também vale a pena consultar o Reclame Aqui, que é uma ferramenta na qual os usuários registram suas reclamações e é possível acompanhar a reputação das empresas.
















Por Fabrízia Ribeiro em 12/04/2014

domingo, 6 de abril de 2014